Notícias - Saúde

Roberta Penha | Secom-Cuiabá | Postado em 14.07.2021 às 08:57h
Davi Valle Campanha de vacinação em Cuiabá trabalha com a supervisão contínua dos órgãos de controle

Campanha de vacinação em Cuiabá trabalha com a supervisão contínua dos órgãos de controle

Prestes a completar 6 meses de campanha de vacinação contra o coronavírus, o município de Cuiabá tem trabalhado com total transparência, colocando-se à disposição dos órgãos de controle para fornecer todas as informações e sanar quaisquer dúvidas que surgirem.

Desde o início da imunização, as coordenadoras da campanha, bem como os responsáveis pelo sistema de cadastro têm prestado todos os esclarecimentos solicitados por órgãos como Ministério Público, Tribunal de Contas, Delegacia do Consumidor, Defensoria Pública, Câmara de Vereadores, entre outros. “Quase todas as semanas temos participado de reuniões com representantes destas instituições, sanando as dúvidas e passando informações sobre o andamento da campanha. Também respondemos diariamente, por meio da nossa assessoria jurídica, todos os documentos que chegam pedindo informações”, comentou Valéria de Oliveira, coordenadora da campanha.

Para facilitar ainda mais o acesso dos órgãos às informações, a coordenação de TI da Secretaria Municipal de Saúde liberou o acesso ao sistema dos dados das pessoas vacinadas para os órgãos de controle que solicitaram a lista de quem foi imunizado na capital. “Esta é uma maneira que encontramos de garantir transparência e justiça na prestação desse importante serviço à população. Estamos realizando a campanha desde 20 de janeiro, com nossas equipes trabalhando com garra e muito comprometimento para imunizar os cuiabanos. Não temos nada a esconder de ninguém, por isso solicitei que a TI disponibilizasse o acesso ao sistema de dados para os órgãos de controle, que têm trabalhado lado a lado com a Prefeitura na supervisão da campanha”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Valéria comenta que a cada mudança de faixa etária ou começo de grupo prioritário surgem vários questionamentos. A mais recente foi acerca da vacinação do grupo de 18 a 49 anos com as doses dos faltosos. “Com o alto percentual de pessoas que são agendadas, mas faltam à vacinação, criamos um mecanismo para dar mais celeridade. Com isso começamos a vacinar a população de 18 a 49 anos com as doses dos faltosos, destinando para cada faixa etária o número de doses correspondentes ao percentual da população”, explicou a coordenadora.

Seguindo o Plano Nacional de Imunização, a campanha de vacinação em Cuiabá baixou a faixa etária para a vacinação a partir desta terça-feira (13). Atualmente estão sendo agendadas pessoas sem comorbidades a partir de 45 anos e a vacinação com as doses dos faltosos continua para o grupo de 18 a 44 anos. “Além da celeridade, também temos a questão epidemiológica. Hoje não temos mais um grupo de risco, com as novas variantes do vírus todas as faixas etárias estão vulneráveis. Por isso, quanto mais pessoas vacinadas, seja de qualquer idade, melhor para a população de Cuiabá”, finaliza Valéria.