Segunda-feira, 22 de julho de 2024
informe o texto

Notícias Política

ELEIÇÕES NA AL

Avallone aposta em vitória de Janaina na disputa por primeira secretaria da Mesa Diretora

Avallone aposta em vitória de Janaina na disputa por primeira secretaria da Mesa Diretora

Foto: Helder Faria/ ALMT

O deputado estadual Carlos Avallone (PSDB) disse acreditar que a deputada estadual Janaina Riva (MDB) levará a melhor na disputa pelo cargo de primeiro-secretário nas eleições da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (ALMT), previstas para o mês de agosto. Riva disputa com Beto Dois a Um (União Brasil) e Dilmar dal Bosco (União Brasil) pelo segundo principal cargo da Mesa.

Avallone disse que a disputa em torno do cargo é natural, faz parte do processo e que sairá vitorioso quem tiver capacidade de desenvolver o “convencimento” nos colegas. O parlamentar definiu Janaina como a mais desenvolta em articulações.

“Tudo isso é natural, um processo eleitoral. Faz parte do debate por ser as vontades internas de cada um, tem que ter o trabalho de convencimento. Eu acho que a Janaina está na frente neste processo, mas já vimos acontecer coisas do arco da velha nas eleições da Mesa Diretora”, disse Avallone.

Para o parlamentar, a disputa acirrada não causará danos para o Legislativo Estadual. Ele acredita que até o mês das eleições a Casa entrará em consenso e debaterá quais serão as propostas a serem apresentadas. 

“É uma coisa natural, mas a Assembleia está muito madura hoje. As discussões estão em cima de propostas, propostas que discutem mais a divisão de poderes. Vamos chegar no consenso. Só haverá uma chapa com todo mundo junto”, finaliza.

Os deputados votam nesta semana o decreto legislativo que antecipará as eleições da Mesa Diretora do Parlamento. Conforme o regimento interno, as eleições visando os cargos da diretoria da Casa deveriam ocorrer em setembro, mas na última quarta-feira (3), os parlamentares entraram em consenso para escolher a nova Mesa no mês de agosto.

A justificativa é que caso as eleições da Mesa ocorram no mês de setembro, possa prejudicar a reta final da campanha das eleições municipais, já que dentro da Assembleia Legislativa, quatro deputados são candidatos nas eleições deste ano: Eduardo Botelho (União Brasil) e Lúdio Cabral (PT) concorrem pela Prefeitura de Cuiabá; e Thiago Silva (MDB) e Cláudio Ferreira (PL) concorrem pela Prefeitura de Rondonópolis.

Nesta semana, o Legislativo mato-grossense realizará duas sessões ordinárias, uma na terça-feira (9) e outra na quarta-feira (10). Ainda não foi divulgado quais serão as pautas debatidas. A nova Mesa Diretora vai comandar a Casa pelo biênio 2025/2026.

Janaina Riva (MDB) e Beto Dois a Um (União Brasil) tentam o cargo de primeiro-secretário, enquanto Júlio Campos (União Brasil) e Gilberto Cattani (PL) disputam a vice-presidência.

Três novos cargos e reeleição proibidas

As eleições da Mesa Diretora deste ano passarão por mudanças, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 13/2023, que altera a composição de Mesa Diretora da Casa de Leis e veda a possibilidade de reeleição de integrantes para o mesmo cargo.

Apresentada pelo deputado Max Russi (PSB), a PEC cria os cargos de 3º vice-presidente e do 5º e 6º secretários. Atualmente, a Mesa Diretora é composta pelos cargos de presidente, primeiro e segundo vice-presidentes e pelo primeiro, segundo, terceiro e quarto secretários.

O presidente da comissão de Justiça, deputado Júlio Campos (UB), explicou que a proposta não terá impactos financeiros aos cofres do Parlamento, uma vez que não estão previstas remunerações adicionais aos ocupantes dos novos cargos.

Fonte: Única News
 
 
Sitevip Internet