Sábado, 20 de julho de 2024
informe o texto

Notícias Educação

CONCURSO DE REDAÇÃO

Seduc divulga nesta sexta-feira (21) quem será o representante de MT no programa Jovem Senador 2024

Nesta edição, 6.719 estudantes participaram; vencedor irá participar da Semana de Vivências Legislativas, de 5 a 9 de agosto, em Brasília

Seduc divulga nesta sexta-feira (21) quem será o representante de MT no programa Jovem Senador 2024

O estudante Herison André, da EE União e Força, em Cáceres, foi um dos participantes da edição 2023

Foto: Assessoria | Seduc-MT

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) anuncia, nesta sexta-feira (21.06), a redação vencedora do programa Jovem Senador 2024. O autor irá representar Mato Grosso, de 05 a 09 de agosto, na Semana de Vivência Legislativa do Senado Federal.

Neste ano, 6.719 estudantes se inscreveram formando um grupo seis vezes maior que no ano passado, quando apenas 1.083 jovens participaram. O evento envolveu 819 turmas de Ensino Médio e contou com a adesão de 279 professores de 243 escolas distribuídas nas 14 Diretorias Regionais de Educação (DREs).

O Jovem Senador é realizado anualmente e proporciona aos estudantes de até 19 anos do ensino médio das escolas públicas estaduais e do Distrito Federal, conhecimento sobre a estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo no Brasil.

A cada ano é proposto um tema de redação como forma de ingresso. Os temas sempre abordam tópicos de civismo, questões sociais e convidam à reflexão sobre o exercício da cidadania. Em 2024 o tema foi ‘Os 200 Anos do Senado e os desafios para o futuro da democracia’.

Em Mato Grosso, o programa Jovem Senador tem a parceria da Seduc. Na avaliação do secretário de Estado de Educação, Alan Porto, o programa tem se mostrado um caminho para estimular a participação do jovem na política. “Em 2023, por exemplo, vários projetos que tiveram origem em sugestões dos jovens senadores foram aprovados pelo Senado. Entre eles está o que estabelece diretrizes para a educação básica em tempo integral”.

Segundo ele, essas aprovações demonstram o impacto direto que os jovens podem ter sobre a legislação nacional, incentivando novos participantes a contribuir com suas visões para o futuro do país.

“Ao se inscreverem, os estudantes não só têm a chance de vivenciar o processo legislativo, mas também de influenciar ativamente as políticas nacionais”, concluiu o secretário.

Os vencedores e seus professores orientadores terão todas as despesas pagas para participar da Semana de Vivência, em Brasília.

No âmbito da Seduc, as ações relacionadas ao programa Jovem Senador são conduzidas pela Coordenação de Ensino Médio, que é ligada à Superintendência de Educação Básica (SUEB), da Secretaria Adjunta de Gestão Educacional (SAGE).

Fonte: Seduc MT
 
Sitevip Internet