Domingo, 16 de junho de 2024
informe o texto

Notícias Últimas

Multiação realiza 4.718 atendimentos em sua 8ª edição em Rondonópolis

Apenas na área da saúde, foram ofertadas 530 senhas. Entre os serviços, destacam-se odontologia, oftalmologia, infectologia, ginecologia, pediatria, clínico geral e nutrição; A população contou ainda com corte de cabelo, vagas de estágio e emprego, o

Multiação realiza 4.718 atendimentos em sua 8ª edição em Rondonópolis

Foto: Divulgação

Pela oitava vez em Rondonópolis, o Multiação realizou 4.718 atendimentos neste sábado (08.06), no Residencial Padre Lothar. Promovido pelo Serviço Social da Indústria (Sesi MT) e Rede Matogrossense de Comunicação (RMC), o projeto ofertou gratuitamente consultas e exames médicos, serviços em educação, além de orientação na área jurídica, empreendedorismo e cidadania.

Neusete Santos trouxe seu irmão, Josuel Santos, 55, para fazer exames de vista. Ele teve uma crise hipertensiva em 2020 e desenvolveu problemas nos rins, além de uma intercorrência neurológica, afetando sua mobilidade e visão. Consternada pela situação do irmão, Neusete teme pela vista dele e agradece a oportunidade do atendimento com a Associação Mato-grossense de Oftalmologia (Amo).

“A consulta pelo SUS demora e meu irmão tem urgência. Minha mãe, de 72 anos, que cuida dele, mas se ele perder a visão, ela terá dificuldades de dar mais atenção. Precisamos saber o que ele tem para podermos tratar o mais rápido possível. E com esses exames, acredito que vamos encontrar a solução. Estou mais tranquila por conseguir o atendimento”, comenta a irmã.

Gisele da Silva, 32, esteve no Multiação em busca de consultas e exames ginecológicos de rotina. “Estou grata. A consulta foi maravilhosa, o médico é simpático, prestativo, sensível, e isso faz muita diferença na vida de quem precisa desse serviço”, pontua Gisele, que foi atendida pelo médico ginecologista José Felipe Horta, parceiro da iniciativa em Rondonópolis. Ele destaca a importância da ação para desafogar o serviço público e oportunizar atendimento àqueles que não têm condição de pagar uma consulta particular.

“As pacientes têm dificuldade de acessar o serviço pelo Sistema Único de Saúde e, a maioria, não tem recursos para pagar um plano de saúde ou consulta particular. E essa especialidade é imprescindível para prevenção de câncer de mama e de colo de útero; portanto, as mulheres precisam fazer exames rotineiramente. Estar aqui para ofertar a elas é gratificante para mim enquanto médico porque entendo a necessidade e as barreiras enfrentadas pela população mais vulnerável”, acrescenta José.

Além dos adultos, as crianças também puderam colocar a saúde em dia com a equipe de pediatria da Univag. Entre os pacientes atendidos está Theo Vinícius, 2 anos. Ele e sua mãe, Viviane Moura, estão há seis meses em Rondonópolis. A família veio de Recife para MT à procura de melhores condições de vida. Ela aproveitou o sábado de folga para prestigiar o evento. “Ele apresentava um quadro intenso de resfriado, tem retardo da fala e diagnóstico de hipospádia. Estava preocupada em razão das tosses e peito chiando. Estou feliz porque consegui amparo aqui com a equipe e vou seguir o tratamento orientado”.

Apenas na área da saúde, 530 senhas foram ofertadas nas especialidades de odontologia, oftalmologia, infectologia, ginecologia, pediatria, clínico geral e nutrição. A prefeitura da cidade, em parceria com o Rotary, ofertou à população vacinação contra influenza, poliomielite, entre outros imunizantes.

Rolou ainda no Multiação atendimento para pets. Quem não perdeu tempo foi o jovem Kaiky Castro, que levou seus amigos de quatro patas, Bidu e Choquito, que têm leishmaniose, até o parceiro do projeto na cidade, Ériko Moraes, da Xaolin Hospital Veterinário. “A doença de Choquito está controlada, mas, se não cuidar, pode atacar os órgãos. Vim pegar algumas orientações com o doutor. O atendimento foi nota mil, sem dúvida. Recebi algumas dicas excelentes para manter eles saudáveis”, conta Kaiky.

Cultura e Cidadania

Não faltaram ações de cultura e cidadania nesta edição. Célia Regina Ronda é prova disso. Ela é do Paraná e está há um ano e meio em Rondonópolis. Assim que pisou em solo mato-grossense, a paranaense foi recebida pelos mais de 40º predominantes no estado e decidiu adotar fios curtos para livrar-se do calorão que sentia na nuca. “Eu tinha o cabelo longo, mas aqui não dá para manter por causa do calor. Agora estou pronta para aproveitar mais uns meses de cabelo curto”, comemora Célia, que aproveitou o dia para fazer um check-up na saúde com consulta ginecológica e clínico geral.

Já o Tribunal Regional do Trabalho (TRE) uniu conscientização sobre trabalho infantil com tecnologia e promoveu jogos educativos para a garotada. “Estamos aqui para disseminar o combate ao trabalho infantil e estimular a aprendizagem. A conscientização por meio da educação e diversão fortalece a causa. Nosso objetivo é preparar os jovens para serem bons cidadãos”, completou a desembargadora e presidente do TRE, Adenir Carruesco.

Aqueles que precisavam se conectar nas suas redes sociais ou sites de notícias contaram com apoio do time da Amigo Internet, que liberou Wi-Fi para a comunidade e parceiros. A empresa também foi responsável pela diversão das crianças no cinema infantil, regado a pipoca e desenhos.

Quem passou pelo Multiação saboreou um delicioso caldinho de feijão do Rei Alimentos Indústria, que ainda sorteou cestas básicas. Teve ainda refeições nutritivas de qualidade com o time da Nutre Mais, do Serviço Social da Indústria (Sesi).

Outra grande atração desta edição foi o Guarda-roupa Solidário. Pelo menos 3.500 peças de roupas foram distribuídas gratuitamente. Além de auxiliar na elaboração de currículos, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL MT) estava disponibilizando vagas de emprego para indústrias do município. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai MT) ofertou cursos de metal mecânica, automação e elétrica.

O presidente da Fiemt, Silvio Rangel, percorreu as tendas do evento para conferir a satisfação do público. “É gratificante ver a comunidade que angústia meses e até anos à espera de um serviço de saúde sendo atendida Sem o apoio dos nossos parceiros, não seria possível ver a população saindo daqui satisfeita”, pontua.

A terceira edição da temporada de 2024, sendo a oitava em Rondonópolis, atingiu o planejado, que é levar saúde, bem-estar, qualidade de vida e lazer ao cidadão. São serviços básicos, porém essenciais para a dignidade humana, entende o diretor de Programação, Entretenimento e Comunicação da RMC, Ulisses Serotini.

“Muitas pessoas não conseguem o básico e isso gera frustração, desencadeando problemas físicos e emocionais. O que ofertamos no Multiação vai além de atendimento, estamos oferecendo dignidade para o cidadão que, às vezes, não tem condição de pagar um corte de cabelo, de fazer exame ou de receber orientação jurídica. No projeto, os mais necessitados encontram o que precisam e saem mais felizes do que chegaram”, diz Ulisses.

Confira os Parceiros Desta Edição

São parceiros do Multiação a Associação Mato-grossense de Oftalmologia (Amo), Amigo Internet, Café Quitada, Centro de Patologia e Citologia Paulo César Figueiredo, Cerdilab Laboratório de Análises Clínicas, Dr. José Felipe, Energisa, Hiperbárica Rondonópolis, Sesi, Senai, IEL, INSS, MedicMais, Refrigerantes Marajá, OAB – 1ª Subseção Rondonópolis, Ótica Visão de Todos, Puríssima, Rei Alimentos Indústria, Sebrae, Senac, Tribunal Regional do Trabalho (TRE), Uniodonto, Univag e Xaolin Hospital Veterinário.

Esta edição contou ainda com a parceria dos Sindicatos da Indústria da Alimentação de Rondonópolis e Região Sul do Estado de Mato Grosso (Siar Sul), Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânica de Manutenção Industrial e de Material Elétrico do Estado de Mato Grosso (Sindimec) e das Indústrias da Construção Civil da Região Sul do Estado de Mato Grosso (Sinduscon-Sul).
 
Sitevip Internet