Quarta-feira, 29 de maio de 2024
informe o texto

Notícias Política

NO PORTÃO DO INFERNO

Em reunião com Ibama, Mauro cobra celeridade na autorização para iniciar obras: "É crucial"

Em reunião com Ibama, Mauro cobra celeridade na autorização para iniciar obras:

Foto: Lucas Rodrigues/Secom-MT

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União Brasil), se reuniu com o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Rodrigo Agostinho, nessa terça-feira (2), em Brasília, para solicitar a autorização das obras que devem trazer solução definitiva no trecho conhecido como Portão do Inferno, na MT-251, entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá).

O governador afirmou que pediu a Rodrigo a autorização, em caráter urgentíssimo, já que o “caos” envolvendo o Portão do Inferno perdura há quatro meses e impactou diretamente a cidade de Chapada, que depende exclusivamente do turismo para sobreviver.

“A população espera uma, duas ou até três horas devido a bloqueios causados pelas chuvas intensas. Um exemplo disso foi um deslizamento de pedras recente, em que uma rocha de cerca de 30 quilos caiu de uma altura de 20 metros. Isso pode resultar em acidentes graves, inclusive com vítimas fatais. Por isso, é crucial tomar as devidas precauções o mais breve possível”, argumentou.

O presidente do Ibama ressaltou que o instituto tem “todo o interesse” de resolver a situação o mais rapidamente possível e que ele próprio se encarregará de apresentar a proposta ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

“Nós vamos fazer a análise da forma séria. Vamos cumprir com o nosso papel para dar uma solução em breve. Vamos encaminhar imediatamente o projeto ao ICMBio”, garantiu.

Na semana passada, o governador assinou a ordem de serviço para a empresa realizar as intervenções no local. O início das obras depende apenas de autorização do Ibama e ICMBio, por se tratar de um território sob tutela do Governo Federal.

Acompanharam a reunião: os senadores Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos (União Brasil); o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho (União Brasil); os deputados estaduais Wilson Santos (PSD), Carlos Avalone (PSDB) e Valdir Barranco (PT); e os secretários de Estado Fábio Garcia (Casa Civil) e César Miranda (Desenvolvimento Econômico); e a ex-deputada federal Rosa Neide (PT).

Fonte: Única News
 
Sitevip Internet