Quarta-feira, 29 de maio de 2024
informe o texto

Notícias Educação

Estudantes recebem prêmios e bolsas de pesquisa na 20ª Semana Nacional da Ciência e Tecnologia

Estudantes recebem prêmios e bolsas de pesquisa na 20ª Semana Nacional da Ciência e Tecnologia

Foto: João Vitor Cintra | Seciteci-MT

O último dia da 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia foi marcado pelo reconhecimento dos melhores trabalhos apresentados na XV Mostra de Ciência, Tecnologia e Inovação e Inova Regional. A cerimônia, realizada nesta quarta-feira (18.10), no Centro de Eventos Fatec, premiou estudantes com smartphones, bolsas de iniciação científica júnior e também um notebook. 

Ao todo, 97 trabalhos foram inscritos para apresentação na XV Mecti. Desses, 80 foram selecionados para apresentação. A edição de 2023 contou com a participação de estudantes de diversas regiões de Mato Grosso, como Alta Floresta, Porto Alegre do Norte, Rondonópolis, São José do Xingu, Tangará da Serra, Aripuanã e outros municípios. 

Durante a cerimônia de encerramento, 29 trabalhos foram premiados com smartphones, bolsas de Iniciação Científica Júnior fornecidas pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat), e um notebook entregue pelo Instituto Farmun, um dos parceiros da ação. 

O ranking que definiu os ganhadores foi construído a partir das notas dadas por uma banca de jurados que acompanhou a apresentação de todos os projetos. Entre os requisitos observados estavam a capacidade de inovação e adequação do projeto ao tema "desenvolvimento sustentável". 

Para a superintendente da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Lecticia Figueiredo, o número recorde de inscritos na edição de 2023 mostra que os estudantes mato-grossenses estão atentos à necessidade de desenvolver ações inovadoras e sustentáveis.

"É uma alegria para nós ter recebido tantos projetos de qualidade. Isso mostra que os estudantes mato-grossenses estão atentos a esse chamado de pensar ideias inovadoras para a sustentabilidade. Digo que todos os alunos que tiveram a iniciativa de inscrever um projeto para a Mostra já são vitoriosos. Vamos seguir apoiando cada uma dessas iniciativas, pois esse é um importante compromisso do Governo de Mato Grosso", disse a superintendente Lecticia. 

Com o projeto "Pingo do Conhecimento: Desenvolvendo Habilidades Através de Games", o estudante Denilson Andrade Félix, foi um dos vencedores na categoria 'Economia Criativa'. Para o aluno, a premiação vai possibilitar que seu projeto possa ajudar mais crianças e jovens com dificuldade no aprendizado da Matemática. 

"Entrei no evento com um projeto de um jogo educativo sobre ensinar matemática para crianças e ganhei o prêmio e a bolsa. Agora com a bolsa eu vou conseguir evoluir o jogo, divulgar para mais escolas e assim ajudar mais pessoas", garantiu Denilson. 

Ideias inovadoras 

Durante os três dias de evento, 2.450 pessoas passaram pelo Centro de Eventos da Fatec Senai para acompanhar as exposições e a programação de oficinas e palestras. Na visita, estudantes e professores puderam conhecer as iniciativas desenvolvidas por colegas, despertando o interesse pela ciência e tecnologia. 

A aluna Jennifer Gonçalves, de 29 anos, foi uma das alunas que participou de forma presencial da ação. Moradora de Boa Esperança do Norte (420 Km de Cuiabá), a estudante faz parte do curso oferecido em uma parceria entre a cidade de Sorriso e a Escola Técnica Estadual de Lucas do Rio Verde.

Para o evento, a estudante levou um projeto de hidroponia vertical alimentada por placas solares. Além de possibilitar uma alimentação mais saudável, o projeto também tem por objetivo possibilitar o cultivo de hortaliças em pequenos espaços. 

“O nosso projeto é 100% sustentável e livre de qualquer substância tóxica. Pensamos nessa ideia de uma hidroponia vertical para que pessoas que vivem na cidade e acabam tendo menos espaço possam também cultivar alguns tipos de hortaliças", defendeu a estudante. 



Já a aluna da Escola Técnica de Tangará da Serra, Keli Daiane da Silva Dias, de 30 anos, participou da XV Mecti com o projeto de cápsula biodegradável com ação bioinseticida e um adubo natural. Vencedora da edição de 2022, a estudante atualmente é bolsista da Fapemat e segue melhorando a proposta do produto desenvolvido.       

“Eu costumo dizer que o aprendizado muda a sua vida. Hoje, pelo incentivo que eu recebo, tenho uma visão de mundo muito além da que eu tinha. Às vezes pego o celular e vejo as mensagens dos produtores dizendo que as plantas nasceram diferentes, que eles gostaram e  vão começar a fazer uso. É algo muito legal”, contou Keli. 

A 20ª Semana Nacional da Ciência e Tecnologia foi realizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat), Senai MT, Sesi e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

O evento conta ainda com o apoio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Instituto Farmun, Amigo Internet e Puríssima.

Para ter acesso a lista de completa de vencedores da XV Mostra de Ciência, Tecnologia e Inovação, clique aqui

Com colaboração de Gabriel Vieira

 
Sitevip Internet