Quarta-feira, 29 de maio de 2024
informe o texto

Notícias Educação

Sorriso tem nove escolas entre as 100 melhores de MT; três estão entre as TOP 10

Sorriso tem nove escolas entre as 100 melhores de MT; três estão entre as TOP 10

Foto: Prefeitura de Sorriso

Com apenas 37 anos, completados no dia 13 de maio, o município de Sorriso, conhecido como a Capital Nacional do Agronegócio, cresce a passos largos, atraindo pessoas de todas as regiões do País. Segundo dados do IBGE, a média de crescimento anual da população sorrisense gira em torno de 20%.

Na educação não é diferente. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), uma média de 100 novos alunos procuram vagas nas escolas todos os meses, com a chegada de novas famílias em Sorriso, em busca de oportunidades e melhor qualidade de vida, com trabalho, saúde e educação de qualidade.
 

E o município de Sorriso tem sido destaque no estado de Mato Grosso no que se refere à educação, tendo alcançado resultados positivos na recuperação da aprendizagem de alunos no período pós-pandemia, quando as aulas foram ministradas de forma on-line e houve grande perda de conteúdos da grade curricular dos estudantes.

O trabalho desenvolvido nas escolas da rede municipal de Sorriso obteve reconhecimento por meio do Sistema Avalia MT, que visa premiar municípios que mais se destacaram na avaliação somativa, no ano base de 2022. Cerca de 5000 alunos matriculados no 2º ano do Ensino Fundamental, de 1.023 escolas, dos 141 municípios de Mato Grosso participaram do processo que definiu os vencedores da premiação do Programa Alfabetiza MT.

O Sistema leva em conta um conjunto de avaliações pedagógicas.  — Foto: Assessoria

O Sistema leva em conta um conjunto de avaliações pedagógicas. — Foto: Assessoria

 

O Sistema leva em conta um conjunto de avaliações pedagógicas que permitem a realização de um diagnóstico da educação básica do Estado. As avaliações são realizadas pelo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico - CAED- da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Sorriso classificou-se entre os 16 municípios da região pelos bons índices educacionais. Ao todo, nove escolas sorrisenses se destacaram entre as 100 melhores de Mato Grosso sendo premiadas nos quesitos: desempenho, crescimento e equidade. São elas: Escola Primavera, Escola Papa João Paulo II, Escola Professora Ivete Lourdes Arenhardt, Escola Valter Leite Pereira, Escola Gente Sabida, Escola Matilde Luiza Zanatta Gomes, Escola Leôncio Pinheiro da Silva, Escola Boa Esperança Professora Millene Simionato e Escola Caravágio.

E não para por aí, dentre essas nove escolas, três delas se despontam entre as 10 melhores do estado, sendo agraciadas com o "PRÊMIO TOP 10". São as Escolas Municipais Primavera, Papa João Paulo II e Professora Ivete Lourdes Arenhardt.

Uma das preocupações é cumprir a meta de alfabetização na idade certa.  — Foto: Assessoria

Uma das preocupações é cumprir a meta de alfabetização na idade certa. — Foto: Assessoria

 

E uma das preocupações, que contribuiu com a premiação das escolas, é cumprir a meta da alfabetização na idade certa, ou seja, toda criança precisa estar alfabetizada até o final do segundo ano do ensino fundamental, seguindo as diretrizes estabelecidas no plano municipal integrado de desenvolvimento.

A entrega da premiação da 2ª edição do Prêmio Alfabetiza MT foi realizada no início do mês de junho no Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, quando 57 profissionais da educação de Sorriso participaram da solenidade em reconhecimento de todo trabalho realizado.

O Programa Ensina Mais sorriso tem por finalidade aferir e monitorar o aprendizado dos estudantes, por meio de avaliações diagnósticas, que permitem acompanhar o desempenho por aluno, por turma, por escola e da Rede Municipal de Ensino, sendo essencial para que os gestores da educação municipal possam atuar de forma mais assertiva e para que os professores possam fazer intervenções corretas que levem os estudantes a avançarem em seu processo de aprendizagem, tendo clareza de quais são as expectativas de aprendizagem de cada ano letivo..

 

O resultado altamente positivo é comemorado pela gestora da Secretaria Municipal de Educação, Lucia Korbes Drechsler: “Para Sorriso foi uma grande alegria, porque nós trabalhamos muito desde a pandemia. Em 2021 criamos o programa Ensina Mais Sorriso, visando monitorar as nossas crianças através de avaliações diagnósticas. A partir desses resultados, os professores conseguiram visualizar exatamente o nível dos alunos, e puderam contar com o direcionamento dado pela secretaria. Quando nós recebemos pelo Estado o programa Alfabetiza MT, que é uma parceria com os municípios, ele veio fortalecer esse trabalho que já vínhamos fazendo e o resultado foram duas unidades escolares em 2022. E agora, fomos para 09 unidades. Dessas, 03 escolas estão entre as Top 10 no estado. Isso significa que nosso trabalho está sendo reconhecido. Parabenizo as equipes da Secretaria de Educação, os gestores, coordenadores e professores das unidades escolares”.

O resultado também foi comemorado pelos coordenadores e diretores das unidades escolares. Segundo o coordenador do departamento de Planejamentos e Dados Educacionais, Jairo Brizola, o trabalho começou em fevereiro de 2021 em Sorriso, durante a pandemia, quando começaram a perceber algumas deficiências no aprendizado dos alunos “Pensamos o que fazer quando esses estudantes, que passaram 2020 todo em casa, voltassem para as salas de aula. Foram várias ações: plano para cada aluno, plano para a sala e plano para a escola. As habilidades com maior defasagem, são repassadas para o CEMFOR, e os formadores do CEMFOR trabalham essas dificuldades com os professores, para sanar essas defasagens. A cada bimestre são feitas avaliações, ou seja, não deixamos para o final do ano para corrigir as lacunas, a gente corrige logo após os resultados. A gente tem certeza de que esse resultado veio para Sorriso porque esse trabalho foi feito a longo prazo em que todos participam: o professor, os coordenadores, diretores, cada um desempenhando bem sua função”.

 

Luciana Guerra, que é coordenadora do departamento pedagógico falou o que o prêmio significa “Ficamos muito felizes em ter esse reconhecimento, mas o que fez com que Sorriso chegasse a isso é todo trabalho desenvolvido. O programa Alfabetiza Mais ele veio para agregar, porque é um programa estruturado que é trabalhado nos 141 municípios de Mato Grosso. E com todo esse trabalho desenvolvido em rede nós colhemos esses resultados com premiações. Nós aqui em Sorriso temos um olhar focado na base, na educação infantil, quando é trabalhada a pré-alfabetização. O professor desenvolve brincadeiras, de maneira que não fique maçante, e o aluno aprende de forma lúdica, mas com intencionalidade”.

Sorriso oferece transporte escolar gratuito para todos os estudantes da rede pública de ensino, com linhas urbanas e rurais.  — Foto: Assessoria

Sorriso oferece transporte escolar gratuito para todos os estudantes da rede pública de ensino, com linhas urbanas e rurais. — Foto: Assessoria

 

Aline Borrego Soares, coordenadora Pedagógica acrescenta que “Todas as escolas têm os seus projetos de leitura, projetos ligados a alfabetização e matemática. É um trabalho em rede e precisamos que todos estejam envolvidos. A gente percebe o avanço. Em 2021 nós tivemos duas escolas e neste ano 2022 tivemos 09 escolas. Isso se deve ao empenho e comprometimento de toda equipe”.

O diretor da escola Primavera, uma das escolas premiadas entre as Top 10, Marcos diz que a premiação é o resultado do esforço, análise de dados frequentes das crianças desde que entram na escola. “Fazemos um mapeamento do desenvolvimento de cada um, para podermos intervir na aprendizagem da criança e garantir que todas possam aprender da melhor forma possível, conforme o potencial de cada uma. É um trabalho diário e constante que envolve todos (pais, alunos, professores, colaboradores) é uma semente sendo plantada e cultivada com carinho e amor e um dia se colhe o resultado”.

Élcio Alves da Silva, diretor da Escola Municipal Papa João Paulo II, relatou que diversas ações foram desenvolvidas na escola. “Os professores dedicaram-se de forma efetiva e com comprometimento a cada estudante. As avaliações e acompanhamento feitos por meio do Projeto Ensina Mais Sorriso, propiciaram aos professores conhecerem a fundo cada aluno, suas conquistas e suas defasagens, permitindo assim, que as habilidades ainda não desenvolvidas, fossem trabalhadas de forma individual. Professores de apoio pedagógico e leitura, auxiliaram os alunos com maior dificuldade no aprendizado. Trabalhos com abordagem fonética, atividades práticas de alfabetização com jogos, prática de leitura e escrita foram utilizadas”.

 

Daniely Peters, diretora da Escola do distrito de Boa Esperança disse que o prêmio demonstra que a aprendizagem vem melhorando e que a alfabetização está acontecendo na idade certa. “Estamos imensamente felizes pelo resultado obtido. Destacamos alguns pontos importantes e que nos trouxeram resultados positivos no decorrer do ano: professor de apoio pedagógico em sala de aula e também no contra turno; Professor de Leitura; Reuniões com as famílias dos alunos que apresentavam mais dificuldade para entender e saber mais sobre cada criança, orientando sobre a importância da rotina de estudo em casa; Vídeos para mobilizar as famílias no intuito de atingirmos os 100% de participação nas avaliações (todos os nossos alunos realizaram as avaliações); Rotina de leitura em sala de aula, mas, principalmente, o comprometimento de todos os professores com o processo de alfabetização”.

Leila Gomes da Silva, diretora da Escola Gente Sabida disse que o prêmio é um reconhecimento importante, que demonstra o comprometimento de toda equipe com o processo de aprendizagem. “Buscando resultados positivos, nós implantamos em nossa escola, desde 2020, ações como o nivelamento de turmas desde o 1° ano, professores comprometidos com o processo educacional, além da parceria com a família, que é outro ponto fundamental para o sucesso de um projeto de alfabetização. Um diferencial importante foi a presença de uma professora de apoio trabalhando efetivamente em sala de aula a leitura direcionada para o processo de aprendizagem e melhoria da fluência, buscando identificar as dificuldades dos alunos na leitura e desenvolvendo estratégias para ajudá-los a superar essas dificuldades”.

 

O município vem investindo em formações continuadas com os profissionais da educação. Definidos por etapas e faixas etárias, como alfabetização, fundamental um e dois, isso faz toda diferença porque a troca de experiências com olhar diferenciado para cada idade e buscando os resultados das avaliações diagnósticas, onde se apresentam as fragilidades que ainda precisam ser trabalhadas mais nas unidades escolares são tratadas diretamente dentro do centro de formação para os professores, como nas reuniões que realizamos com os gestores e professores nas unidades escolares onde são criadas estratégias e planos de ação para intervenção para buscar sanar as dificuldades que os alunos apresentam.”

O município de Sorriso conta atualmente com 38 unidades escolares, sendo 22 escolas e 16 CEMEIS – Centros Municipais de Educação Infantil, com um total de 17.589 estudantes da pré-escola até o 6º ano do Ensino Fundamental.

O investimento do município em educação é alto, ultrapassando os 25%. De acordo com a LOA – Lei Orçamentária Anual, são destinados 285 milhões de reais. A secretaria de educação tem total autonomia e a administração dá condições para que esse olhar diferenciado de proporcionar condições de trabalho ao professor seja realizado. Praticamente todas as escolas já passaram por revitalização estão sendo construídas creches para que todas as crianças tenham a vaga garantida. Duas estão em construção e mais cinco em licitação e em breve já receberão ordem de serviço. Existem cinco grandes unidades em construção, cada uma com 23 salas de aula, planejadas e instaladas em bairros estrategicamente escolhidos por não ter ainda unidade escolar.

 

O município também preza pela qualidade da merenda escolar, porque um aluno bem alimentado tem melhor crescimento biopsicossocial, desenvolvimento da aprendizagem, e melhor rendimento escolar. As escolas fornecem uma alimentação saudável, balanceada e que atenda aos requisitos nutricionais mínimos exigidos, com cardápio elaborado por uma equipe de nutricionistas que fazem pesquisa sobre a aceitação de alimentos pelos alunos. Boa parte dos produtos alimentícios são adquiridos da Agricultura Familiar, o que torna os alimentos mais frescos e contribui para a produção local.

Sorriso oferece transporte escolar gratuito para todos os estudantes da rede pública de ensino, com linhas urbanas e rurais. Em média, cinco mil alunos são beneficiados com o transporte escolar gratuito. Em dois anos, a Gestão Municipal já investiu mais de R$ 22 milhões de reais na compra de 42 novos ônibus. Durante a programação do aniversário dos 37 anos de Sorriso, a Prefeitura Municipal ampliou a frota do transporte escolar, com a entrega de mais 10 novos ônibus para a Secretaria de Educação (SEMED), todos com ar-condicionado para melhor comodidade dos alunos.

 
 
 
Sitevip Internet