Sábado, 20 de julho de 2024
informe o texto

Notícias Belezas de Mato Grosso e do Mundo

Chapada é um dos destinos mais visitados por turistas estrangeiros

Chapada é um dos destinos mais visitados por turistas estrangeiros

Foto: Sedec-MT

Chapada dos Guimarães é um dos destinos mais visitados por turistas estrangeiros de 21 países que estiveram em Mato Grosso em 2022 em busca de negócios, eventos, aventura e ecoturismo. Os dados constam no Mapa do Turismo Internacional, elaborado pela Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo).

De acordo com o levantamento, os visitantes em Mato Grosso, predominantemente, falam inglês, espanhol, alemão, italiano, francês e mandarim, e são dos seguintes países: África do Sul, Alemanha, Argentina, Canadá, Cazaquistão, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Espanha, Estados Unidos, França, Israel, Itália, Japão, Portugal, Reino Unido, Rússia, Suécia, Suíça e Ucrânia.

Além de Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, os turistas visitaram outros 17 dos 141 municípios do Estado, sendo eles: Aripuanã, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Curvelândia, Lucas do Rio Verde, Mirassol d'Oeste, Nobres, Poconé, Porto Alegre do Norte, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Várzea Grande.

O secretário adjunto de Turismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Felipe Wellaton, destacou que uma das formas de atrair mais turistas estrangeiros para o Estado é apostar na promoção de Mato Grosso nas feiras do setor e em rodadas de negócios com operadores.

Um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que cada R$ 1 investido na promoção internacional do turismo, R$ 20 entram na economia por meio do consumo feito pelos turistas.

“O turismo é um setor estratégico para economia estadual gerando emprego e renda. Esses estrangeiros consomem no comércio local dos municípios, beneficiando toda uma cadeia econômica nos hotéis, restaurantes e bares, guias de turismo, locação de automóveis, dentre outros”, comentou.

Desenvolvimento regional

Ao elaborar o Mapa do Turismo Internacional, o objetivo da Embratur é identificar as principais demandas de perfil de mão de obra e de capacitação profissional nos destinos brasileiros mais visitados por turistas estrangeiros. Com isso, realizar ações de qualificação profissional focadas nas necessidades imediatas, o que favorece o ingresso dos beneficiários dos programas sociais no mercado de trabalho.

Em Mato Grosso, a Sedec informou à Embratur que foram realizados cursos online no CadÚnico, como Auxiliar Cultural, Ecoturismo, Condutor de Observação de Aves, Guia de Excursão Nacional e América do Sul, Guia Regional de turismo, Guia de Turismo, Auxiliar de Hotelaria, Agente de Viagens, Culinária – Cozinha Regional e Recepção – Turista de Eventos.

Já o Programa de Qualificação Internacional em Turismo proporcionou a formação de taxistas em informações turísticas. Por sua vez, com Qualifica Turismo, foi ofertado o curso de Turismo, Inclusão e Acessibilidade.

Pelo Senac, também parceiro na formação de mão de obra qualificada, foram ofertados cursos de manuseio de alimentos, hospitalidade, condutor de turismo de natureza/aventura, camareira, mensageiro e marketing digital e redes sociais. Já pelo Senar foi ministrado o curso de Oportunidades de Negócios e Economia Criativa no Turismo Rural.

Com Assessoria da Sedec

 
Sitevip Internet