Segunda-feira, 20 de maio de 2024
informe o texto

Artigos Mara Nasrala

Os benefícios do atendimento domiciliar na saúde

Os atendimentos domiciliares dos profissionais da saúde não são nenhuma novidade. Muito provavelmente seus avós ou até mesmo seus pais lembram da figura do “médico da família”. O profissional, muitas vezes considerado realmente “da família”, atendia as emergências e queixas de crianças, jovens, adultos e idosos. Com o passar dos anos e do crescimento das redes hospitalares no país, estes atendimentos foram diminuindo e sendo direcionados aos Prontos-Atendimentos. A pandemia de coronavírus, no entanto, apresentou um novo panorama. As restrições, principalmente para pessoas com comorbidade, idosos e crianças, fizeram dos atendimentos domiciliares uma nova possibilidade e, mesmo após o fim da pandemia, eles continuaram em alta. Além de ser uma alternativa aos longos tempo de espera de Prontos-Atendimentos, o atendimento domiciliar traz inúmeros benefícios. Ao levar os serviços médicos diretamente para o lar do paciente, é possível promover uma abordagem mais humanizada e eficaz. Uma das maiores vantagens, por exemplo, é a acessibilidade que proporciona, especialmente para aqueles que possuem dificuldades de mobilidade, como idosos ou pessoas com deficiência. O atendimento em casa também elimina a necessidade de deslocamentos desconfortáveis e, muitas vezes, dolorosos. Outro ponto é a personalização. Ao levar o atendimento para o ambiente doméstico, os profissionais de saúde podem oferecer um cuidado mais individualizado e personalizado. Ao observar o paciente em seu contexto familiar, é possível compreender melhor suas necessidades específicas, levando em consideração fatores sociais, emocionais e ambientais que podem afetar sua saúde. Desde 2022, por exemplo, Cuiabá conta com o Help Já. O serviço de atendimento domiciliar foi lançado em maio e implantado em agosto passado e é um case de sucesso. Conforme relato dos profissionais de saúde, a abordagem em casa permite um tratamento mais eficaz, adaptado às particularidades de cada indivíduo. Ao receber cuidados médicos no ambiente familiar, os pacientes se beneficiam de uma sensação de segurança, conforto e familiaridade. Isso pode ter um impacto positivo significativo em seu bem-estar emocional e mental, fatores que também desempenham um papel importante na recuperação e na qualidade de vida. Além disso, o atendimento domiciliar permite que os pacientes permaneçam cercados por seus entes queridos, o que pode fornecer um apoio emocional valioso durante o processo de tratamento. Por fim, outro ponto importante é que o atendimento domiciliar desempenha um papel na redução de custos para os sistemas de saúde. Ao evitar internações desnecessárias e reinternações, o tratamento em casa pode ser uma alternativa mais econômica e eficiente. Além disso, o atendimento domiciliar ajuda a aliviar a pressão sobre os hospitais, liberando leitos e recursos para casos mais graves e complexos. Isso contribui para a otimização do sistema de saúde como um todo, garantindo que os pacientes recebam a atenção adequada no momento certo. *Mara Nasrala é Diretora Executiva da Help Vida.

Mara Nasrala

Mara Nasrala
Diretora Executiva da Help Vida.
ver artigos
 
Sitevip Internet