Notícias - Últimas

Coordenadoria de Comunicação do TJMT | Postado em 30.07.2020 às 14:31h
Reprodução/Internet Com mais de 8 milhões de movimentos processuais, TJMT sobe no ranking de produtividade do CNJ

Com mais de 8 milhões de movimentos processuais, TJMT sobe no ranking de produtividade do CNJ

De março até o dia 28 de julho, data da última atualização do levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que mede a produtividade do Poder Judiciário durante o regime de teletrabalho, em função da Covid-19, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso realizou 8.333.976 atos que movimentaram os processos judiciais em trâmite na Justiça Estadual.


A alta produtividade de magistrados e servidores fez com que o TJMT subisse uma posição no ranking nacional referente a esse quesito, indo do 9º para o 8º lugar. É importante destacar que, nessa lista, estão incluídos os cinco tribunais brasileiros de grande porte. Entre os de sua categoria, de médio porte, o TJMT é o terceiro.


O TJMT também melhorou sua posição no ranking em outro indicador analisado pelo CNJ, referente ao número de sentenças e acórdãos publicados. Foram 175.262 no período, o que fez o TJMT saltar da 11ª posição para a 9ª colocação desde a última atualização, semana passada.

Em outros indicadores, o TJMT vem conseguindo manter a sua produtividade e, consequentemente, a sua posição no ranking nacional, apesar das dificuldades observadas em decorrência da pandemia de coronavírus. Foram emitidas pela Justiça Estadual no período 207.995 decisões e 203.967 despachos.


O Poder Judiciário de Mato Grosso também destinou, de março até o final de julho, R$ 1,836.367,43 para combater a pandemia de coronavírus. Os valores liberados são decorrentes de penas ou medidas alternativas de prestação pecuniária e podem ser usados para compra de leitos, medicamentos e itens em apoio aos profissionais da saúde, como respiradores, máscaras, aventais, luvas, óculos de segurança etc.

Desde o início da pandemia, o CNJ vem divulgando relatório semanal sobre a produtividade da Justiça, com objetivo de dar transparência às atividades dos Tribunais estaduais e federais.