Notícias - Saúde

Secom-VG | Postado em 12.09.2021 às 10:20h
Secom-VG Kalil anuncia terceira dose para idosos e início da vacinação contra COVID-19 para jovens

Kalil anuncia terceira dose para idosos e início da vacinação contra COVID-19 para jovens

Várzea Grande antecipa para essa quinta-feira, 9 de setembro, a terceira vacina contra a COVID-19 para idosos que são acamados e vivem no Lar São Vicente de Paulo, antigo Lar Dona Bebé, que no início deste ano foram vacinados prioritariamente e agora receberão a dose de reforço, antecipando o planejamento estabelecido pelo Ministério da Saúde, atendendo pedido do prefeito Kalil Baracat.

O prefeito reunido com a equipe técnica da Secretaria de Saúde de Várzea Grande, também autorizou o início até semana que vem da terceira dose para os demais idosos acamados ou não e com dificuldades de locomoção que são vacinados em suas residências e a vacinação da primeira dose para os jovens de 12 a 17 anos divididos em três grupos, aqueles com comorbidades; de 15 a 17 anos e de 12 a 14 anos, ambos sem comorbidades.

“Queremos e vamos avançar na questão da saúde e como tem existido uma certa regularidade na entrega de novas doses pelo Ministério da Saúde, através da Secretaria de Estado de Saúde, nosso planejamento está em execução e atingindo os resultados esperados, mas também queremos outras prioridades e já solicitamos à CIB a terceira dose para os profissionais da Saúde que se encontram na linha de frente e possivelmente para os profissionais da Segurança Pública que são os que diretamente atuam em relação à população', disse Kalil Baracat.

O secretário de Saúde, Gonçalo Barros, sinalizou que já formalizou junto à Secretaria de Estado de Saúde, à CIB e ao Ministério da Saúde sobre a importância de avançar, nos dias e nas horas para imunização de todas as pessoas.

“Participamos da CIB – Comissão Intergestores Bipartite, responsável pela partilha das doses de vacinas para cada município, a Secretaria de Estado de Saúde e o Ministério da Saúde e informamos da antecipação da vacina dos idosos que se encontram sob responsabilidade do Lar São Vicente de Paulo que recebe apoio da Administração Municipal e vamos se possível atender aos demais idosos já nesta semana para se impedir casos de surtos em estabelecimentos de guarda e cuidado com idosos”, explicou o secretário de Saúde de Várzea Grande, lembrando que por determinação do prefeito Kalil Baracat quer avançar para outras áreas prioritárias.

Gonçalo Barros sinalizou que 80% da população de Várzea Grande já recebeu pelo menos uma dose ou dose única da vacina contra a COVID-19, mas precisa avançar ainda mais na imunização que é a aplicação de todas as doses previstas, sendo que a tendência é que uma terceira dose seja em breve autorizada pelo Ministério da Saúde para toda a população.

“Sempre trabalhamos com a meta estabelecida pelo prefeito Kalil Baracat de vacinar todas as pessoas indistintamente, mas de forma consensual, ou seja, defendendo essa ação junto ao Plano Nacional de Imunização – PNI do Ministério da Saúde, em comum acordo com a Secretaria de Estado da Saúde e com outros parceiros que estão sendo fundamentais para nossa missão como a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o Centro Universitário de Várzea Grande – UNIVAG, entre outros. Nossa missão é resguardar a vida das pessoas trabalhando de forma unida com todos os que desejam o melhor e o retorno ao novo normal”, frisou Gonçalo Barros.

Tanto o prefeito Kalil Baracat como o secretário de Saúde, Gonçalo Barros enalteceram principalmente os trabalhadores da área de saúde que incansavelmente trabalham todos os dias da semana, todas as horas para que mais pessoas sejam imunizadas. “Temos vacinado uma média de 40 mil pessoas no prazo de uma semana, e isto demonstra que a grande maioria não é negacionista e tem adotado as medidas de precaução e de cuidados, pois se você cuida de si, também cuida dos demais, por isso nossos agradecimentos a população e aos trabalhadores da saúde pelos resultados que estamos obtendo”, explicaram o prefeito e o secretário lembrando a necessidade do distanciamento social, uso de máscara e meios de higienização como forma de ajudar o poder pública a vencer a luta contra a COVID-19.