Notícias - Justiça

MP - Assessoria de Imprensa | Postado em 31.08.2021 às 18:56h
Reprodução/Internet Réu é condenado a 24 anos e seis meses de prisão em Sapezal

Réu é condenado a 24 anos e seis meses de prisão em Sapezal

A Justiça julgou procedente ação penal proposta pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Sapezal, e condenou Thiago de Amorim Lima a 24 anos e seis meses de reclusão por latrocínio (roubo seguido de morte) e ocultação de cadáver. Os crimes ocorreram em janeiro deste ano.

 

De acordo com a denúncia oferecida pelo MPMT, o réu subtraiu para si um automóvel GM Chevrolet Onix Joy mediante violência que resultou na morte da vítima Valdinei Aparecido Soares. Após o crime, o réu ocultou o cadáver da vítima em uma região de mata próximo a uma lavoura, na zona rural de Sapezal.

 

Consta na sentença, que o réu fingiu interesse pela vítima, marcou um encontro em sua residência e, após manterem relação sexual, a matou asfixiada com a corda do varal. Um dia depois, tentou vender o automóvel objeto do crime. Quanto à ocultação do cadáver, além das provas testemunhais dos policiais, o MPMT destacou que foi encontrado sangue no porta-malas do automóvel da vítima.

 

O juiz que proferiu a sentença, Daniel de Souza Campos, determinou a restituição do veículo apreendido ao irmão da vítima, que ficará como fiel depositário até a decisão do inventário dos bens do falecido.