Imprimir

Imprimir Notícia

19/11/2023 - 06:55

Sema intensifica estrutura para atender animais silvestres durante incêndios no Pantanal

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) intensificou neste sábado (18.11) a estrutura para atendimento à fauna silvestre durante os incêndios que acometem o Pantanal mato-grossense. 

Foram contratados médicos veterinários especializados em animais silvestres para atuar junto com os servidores da Coordenadoria de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema-MT nesses atendimentos. 

Além disso, dois veículos volantes vão circular durante o tempo todo pela Rodovia Transpantaneira, em especial na região do Porto Jofre, para identificar e resgatar animais que precisam de socorro veterinário.

A estrutura do posto de atendimento da Sema, no km 17 da Transpantaneira, também será utilizada para atender os animais silvestres. O local possui quatro recintos montados, além dos recintos da Ampara Silvestre que já foram colocados à disposição da Secretaria, no km 110, próximo a Porto Jofre. 

O Pantanal mato-grossense possui  5,3 milhões de hectares. A área atingida pelo fogo conforme o Corpo de Bombeiros do Estado é de 519 mil hectares, equivalente a 9,6% da área total de janeiro a novembro deste ano. 

Os veículos possuem equipamentos para resgate e captura do animal, como a zarabatana, caixas de transporte, gancho, cambões e caixas de medicamentos.

As equipes formadas pelos médicos veterinários e servidores do setor de Fauna da Sema estarão à disposição em tempo integral. 

Outras duas equipes também ficarão à disposição para servir de suporte à equipe volante que estiver em campo. Eles darão todo o tipo de suporte a equipe volante em questões como logística e situações de emergência. 

“Vamos monitorar a atuação de toda a equipe volante e dar todo o suporte necessário. Além dos postos estruturados da Sema, temos também os da Ampara que é bem perto de onde está o foco dos incêndios e vamos utilizar para atendimento a fauna silvestre”, explicou o coordenador de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema, Eder Toledo. 

Plano integrado

Nesta terça-feira (14.11), o Governo do Estado anunciou no plano de trabalho integrado com o Governo Federal, que, além de ampliar o efetivo na região, com mais brigadistas, aeronaves e embarcações, maquinários apreendidos também serão empregados nas ações em campo. 

Ao todo, cinco maquinários estão sendo utilizados, entre outras técnicas de prevenção, para a criação de aceiros, que são faixas de terra onde é feita a retirada do material vegetal para impedir a continuidade do incêndio.

Desde 2019, o Governo de Mato Grosso já investiu mais de R$ 240 milhões em ações de prevenção e combate aos incêndios florestais e desmatamento ilegal.

Somente em 2023, foram destinados R$ 38 milhões ao plano de combate a incêndios, que foi ampliado em mais R$ 6,4 milhões, neste mês de novembro, em decorrência da emergência ambiental, para a aquisição de insumos e equipamentos.
 
 Imprimir