Notícias - Cidades

Coordenadoria de Comunicação do TJMT | Postado em 11.07.2019 às 11:05h
Reprodução Magistrados de Mato Grosso do Sul visitam TJMT para conhecer avanços com Processo Judicial Eletrônico

Magistrados de Mato Grosso do Sul visitam TJMT para conhecer avanços com Processo Judicial Eletrônico

Em posição de destaque no cenário nacional, o Poder Judiciário de Mato Grosso é vanguardista quando um dos assuntos é o Processo Judicial Eletrônico (PJe). Alinhado às diretrizes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Tribunal de Justiça de Mato Grosso tem proporcionado melhorias notórias e singulares no aprimoramento dos trabalhos, além da redução de custos (economia de papel, energia e, principalmente, gastos com recursos humanos) e celeridade processual, garantindo melhor prestação dos serviços da justiça.

E para conhecer essa experiência uma equipe de magistrados e servidores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (MS) estará em Cuiabá, nesta quarta e quinta-feira (10 e 11 de julho), respectivamente, em visita técnica no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A comitiva será recepcionada pelo presidente do TJMT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, e pelo juiz auxiliar da Presidência, Luiz Octávio Saboia.

Integram a comitiva sul mato-grossense o juiz auxiliar da Presidência do TJMS, Atílio César de Oliveira Junior; juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ-MS), Renato Antônio de Liberali; juiz da Primeira Vara do Juizado Especial da Comarca de Campo Grande, Vitor Luis de Oliveira Guibo, e os servidores Altair Junior Ancelmo Soares; Conceição Pedrini Pereira e Liriane Aparecida da Silva Nogueira.

 

Dentre os assuntos que serão apresentados, a pedido da própria equipe visitante, estão, entre outros: desafios da implantação do  sistema eletrônico; a dinâmica do comitê do PJe e das tratativas com o Conselho Nacional de Justiça sobre desenvolvimento de novas funcionalidades; processo de desenvolvimento colaborativo; utilização das funcionalidades de inteligência artificia; processo de treinamento para magistrados e servidores e o levantamento da infraestrutura de TI atual para suporte do processo eletrônico.