Notícias - Cidades

Assessoria | Postado em 09.09.2019 às 16:00h
Divulgação Cuiabá recebe workshop “Combustível Legal: Principais ilícitos e soluções

Cuiabá recebe workshop “Combustível Legal: Principais ilícitos e soluções

A Associação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Lubrificantes, Logística e Conveniência (Plural) realiza em Cuiabá o “Workshop Combustível Legal: Principais ilícitos e soluções”. A iniciativa visa fortalecer as operações de combate às atividades anticoncorrenciais e de fraudes no setor de combustíveis, como a sonegação fiscal, a inadimplência de tributos e adulteração em bombas de abastecimento dos postos.

O workshop terá a participação de policiais civis e demais membros da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor. Será realizado no dia 11 de setembro, das 8h às 15h, no Hotel Deville.

A apresentação inclui a divulgação de informações que auxiliem no combate às irregularidades no mercado de combustíveis. “O Projeto de Lei do Senado (PLS) 284/17 é uma ação determinante para mudar a forma como o país trata o devedor contumaz. Se 30% do tributo do setor for sonegado, temos uma concorrência predatória”, destacou Helvio Rebeschini, diretor de Planejamento Estratégico e Mercado da Plural.

Criado em 2016, o Movimento Combustível Legal defende a simplificação tributária, a assertividade da fiscalização, leis mais severas contra fraudes com dolo comprovado e o combate ao devedor contumaz. É apoiado por entidades como a Polícia Federal, Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), entre outras.

VIII Encontro de Revendedores de Combustíveis

 

No VIII Encontro de Revendedores de Combustíveis do Centro-Oeste, a ser realizado nos dias 12 e 13 de setembro, na Fatec/Senai, em Cuiabá, a Plural também fará apresentação das ações do Combustível Legal. O VIII Encontro é realizado pelo Sindipetróleo (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis de Mato Grosso) com apoio dos demais sindicatos representantes da revenda da região e dos produtores de etanol e biodiesel (União Nacional do Etanol de Milho – Unem; Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso – Sindalcool; e Sindicato das Indústrias do Biodiesel no Estado de Mato Grosso - SindiBio-MT.  Recebe o patrocínio da Petrobras, Shell, Ipiranga e Plural.