Notícias - Cidades

Secom | Postado em 13.06.2019 às 15:03h
Vicente Aquino Blitz educativa marca Dia de Combate ao Trabalho Infantil

Blitz educativa marca Dia de Combate ao Trabalho Infantil

As programações se estendem durante todo mês de junho, com diversas ações alusivas ao tema

Mobilização e informação em Praça Pública marcaram o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil em Cuiabá, celebrado nesta quarta-feira (12). A Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh) promoveu uma blitz educativa, que teve como principal objetivo chamar a atenção da população para esse grave problema social e como proceder em casos identificados de trabalho infantil.

Motoristas e pedestres que passaram pelas ruas do entorno da Praça Ipiranga, receberam materiais com informações e canais existentes para registros de denúncias, além de sacos de lixos para serem colocados nos carros.

O tema escolhido para a Campanha desse ano foi “Criança não deve trabalhar. Infância é para sonhar”. “Esse tema não poderia ter sido mais bem escolhido para retratar o problema do trabalho infantil. Lugar de criança é na escola, nos momentos de lazer, por isso que resolvemos realizar essa grande ação de mobilização, na Praça Ipiranga, por ser um local de grande fluxo de pessoas. É a oportunidades que temos de deixar claro e que nessa situação todos somos agentes facilitadores e multiplicadores de informações”, disse o secretário municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho.

“A blitz é uma das muitas ações em elaboração e execução que são executados pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) no município, que, entre muitos objetivos, busca conhecer essa realidade para intervenções e resultados”, informou o secretário.

Na oportunidade, o secretário lembrou o canal de comunicação existentes em casos de suspeitas de crimes contra crianças e adolescentes, o Disque 100. “Denuncie. São por meio desses registros é que conseguimos agir conforme cada demanda e fazer os devidos encaminhamentos como para os Conselhos Tutelares, Cras, entre outros”, reforçou.

A ação foi realizada em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FEPETI).

Além da Blitz Educativa, foram realizadas palestras nos Cras, Getúlio Vargas, Osmar Cabral, Nova Esperança, pedra 90 e Drº Fábio. As programações se estendem durante todo mês de junho, com diversas ações alusivas ao tema.

Nesta quinta-feira (13), foi realizada uma roda de conversa com um representante do Centro de integração Empresa e Escola (CIEE), sobre as novas perspectivas de mercado.

Já o Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas) Centro, escolheu como programação alusiva à data de 12 de junho, realizar blitz em bares e restaurantes na lateral da UFMT, Unic, Avenida Getúlio Vargas e Praça Popular, com entrega de folders e panfletos informativos.

Para a próxima semana, as atividades iniciam na segunda-feira (17), no Cras Tijucal em parceria com o Creas Centro, onde serão oferecidas Oficinas de Trabalho lúdicas. Foram divididas turmas nos dois períodos, sendo a primeira às 8h e a segunda a partir das 13 horas.

No dia 19 (quarta-feira), a partir das 13 horas, será a vez dos moradores da região do Osmar Cabral. Na unidade do Cras, serão oferecidas oficinas de trabalho e teatros de fantoche.

No dia 25 de junho (terça-feira), haverá uma blitz preventiva na Feira do Porto. A ação será promovida por técnicos do Creas do bairro Centro, em Cuiabá.

 

“Criança deve viver o seu momento de criança. Devemos trabalhar para que elas tenham seus direitos garantidos para que se sintam protegidos na sua integridade e tenham as oportunidades de prepararem um futuro melhor”, concluiu Coelho.