Notícias - Arte

Assessoria | Postado em 16.04.2020 às 13:03h
Divulgação Museu Estadual de História Natural desenvolve Plano Museológico para melhorias na instituição

Museu Estadual de História Natural desenvolve Plano Museológico para melhorias na instituição

 

Visando desenvolver uma gestão planejada ao longo dos próximos anos, o Museu Estadual de História Natural - Casa Dom Aquino, em Cuiabá, vem formulando o Plano Museológico da instituição. O Plano Museológico é um instrumento de gestão estabelecido por lei e que todos os museus devem elaborar.

O museólogo responsável pelo Plano do Museu Estadual de História Natural - Casa Dom Aquino é Bernardo Novaes Fonseca, graduado em Museologia pela Universidade Federal do Estado de Minas Gerais. Bernando já atuou como funcionário terceirizado no Centro de Documentação e Informação da Superintendência do IPHAN-MG e realizou trabalhos no Arquivo Público Mineiro, Museu de História Natural, Jardim botânico da UFMG e Conservatório de Música da UFMG. Residente em Belo Horizonte, Bernardo está trabalhando no Plano desde 2019, tendo visitado o Museu de História Natural algumas vezes em 2019 e 2020 e ministrado cursos e oficinas para a equipe técnica do Museu.

O Plano Museológico apresenta uma estratégia de trabalho que faz um diagnóstico do panorama atual do Museu de História Natural e direciona quais serão as ações pelos próximos cinco anos, visando benefícios para todas as esferas da instituição. Além disso, ele também apresenta todos os instrumentos de gestão do Museu que precisam ser trabalhados segundo lei – Programa Institucional, Gestão de Pessoas, Acervo, Exposições, Projetos Educativo Cultural, Pesquisa, Projetos Arquitetônicos e Urbanísticos, Segurança, Financiamento e Fomento, Comunicação, Programa Socioambiental e Acessibilidade Universal. Esses instrumentos são importantes, pois apontam pontos que podem ser melhorados, mostram o atual cenário e criam uma forma de se conseguir maximizar os resultados do Museu.

O Museu Estadual de História Natural - Casa Dom Aquino tem se esforçado ao máximo para atender cada dia melhor todos os visitantes que passam pela instituição e tem buscado consolidar-se como referência em história natural no Mato Grosso e em toda região Centro-Oeste.