Artigos

Karin Krause Boneti | Postado em 02.03.2021 às 19:24h
Karin Krause Boneti

Rosto coçando durante o treino? Saiba quais são os motivos

Já sentiu seu rosto coçar ou formigar enquanto faz exercícios físicos mais intensos? Sim, aquela sensação de “espinhos” surgindo em seu rosto e dividindo espaço com as gotas de suor. Calma, isso não é muito grave (sem urticária ou ardor intenso), mas é definitivamente perceptível – e irritante. Saiba que, sim, existem alguns culpados, mas provavelmente não é nada para soar o alarme.

Quando você se exercita, o coração bombeia mais sangue para os músculos que trabalham pesado. Esse impulso faz com que os capilares se expandam e, à medida que isso ocorre, as células nervosas circundantes em seu corpo são estimuladas. Logo, o cérebro interpreta esse sinal como uma coceira – geralmente no corpo, mas a mesma ciência se aplica ao rosto.

Outra possibilidade diz respeito à tendência natural de ruborizar durante o exercício. Se você tem, certamente poderá sentir coceira. Atividades físicas promovem a dilatação dos vasos sanguíneos para melhorar a circulação para a pele e músculos. Isso costuma ser uma coisa boa. Afinal, é o aumento da circulação que entrega nutrientes às células e empresta o tão amado “brilho pós-treino”.

Contudo, para algumas pessoas (especialmente aquelas com tons de pele entre claros e médios, pele sensível ou doenças como rosácea), pode resultar em inflamação – o que, por sua vez, pode resultar em rubor, inchaços e, é claro, coceira.

Em certos casos, a sensação de formigamento também pode representar um tipo de erupção cutânea, chamada miliária rubra. Esta é uma condição em que há bloqueios nas glândulas sudoríparas, o que resulta em pequenas saliências vermelhas e uma sensação de formigamento ou coceira. Ou seja, ocorre quando o suor fica preso nas glândulas por causa de problemas como roupas úmidas e não respiráveis grudadas na pele. Também é muito mais comum em climas quentes e úmidos.

E, por último, sim, as pessoas podem simplesmente reagirem ao próprio suor. Embora o suor possa limpar os poros com eficácia, alguns indivíduos podem ser hipersensíveis ao seu conteúdo. A umidade, o calor e o suor podem causar irritação na pele – simples assim. Ok, você deve estar se perguntando: o que pode ser feito a respeito disso tudo?

Se você está lidando com erupções de calor ou acha que algo que está vestindo pode provocar irritação, invista em materiais que absorvem a umidade e não esqueça de tirar as roupas suadas imediatamente após os exercícios. Aliás, certifique-se de ter o rosto limpo e sem maquiagem antes de continuar. Experimente uma pomada de barreira nas áreas específicas em que o atrito pode ser a causa – como, por exemplo, as linhas da alça do sutiã, virilha ou atrás dos joelhos.

Agora, se você está tendo rubor ou coceira comum por conta do aumento do fluxo sanguíneo, lamento informar que não há muito que possa ser feito para prevenir o formigamento. Mas, saiba que, apesar de desagradável, não é perigoso. Apenas tente não superaquecer durante o treino e aguente a sensação de formigamento caso apareça – não coce! E faça o possível para acalmá-la após a atividade. Ela já deve desaparecer naturalmente assim que seu corpo esfriar.

Claro que se você estiver enfrentando mais do que um formigamento desagradável – como uma urticária ou erupção cutânea severa –, definitivamente deve consultar um médico dermatologista para se certificar de que não tem nenhuma doença subjacente ou alergia a considerar. Fique atento!

*Karin Krause Boneti é médica dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e diretora clínica da Frémissant