Artigos

Dino Gueno | Postado em 06.06.2019 às 15:09h
Dino Gueno

Sua mentalidade suportaria um jogo sem ganhador?

Ontem o dia foi intenso aqui em Londres no World Business Forum! Muito conteúdo, tendências, provocações e um pouco de tietagem também. Da minha parte, claro!

Como o Simon Sinek foi um dos principais motivos pelo qual eu vim para o WOBI, vou te contar nesse e-mail os principais pontos da palestra dele. Sobre o workshop restrito que participei com ele não vou contar aqui, é história para outro momento... quem sabe uma nova palestra minha. Quem sabe. Aliás, tive a oportunidade de estar em 2 momentos com ele e a boa notícia é que o inglês foi a prova de emoção, já as pernas não!

Você realmente precisa ganhar o jogo?

Há dois tipos de jogos. Os finitos, para os quais nossa mentalidade está programada para jogar e que têm jogadores conhecidos, regras fixas e objetivos acordados.

E os jogos infinitos, que demandam uma nova mentalidade e que têm jogadores conhecidos e desconhecidos, regras mutáveis , cujo objetivo é perpetrar o jogo.

Neste último não há um “número 1”. Não há a superação de um concorrente, mas a própria superação. Para Simon, esse é o jogo atual dos negócios.

Você vai precisar aprender a liderar em um jogo infinito!

  1. 1. Você tem que ter uma causa justa e forte: mais quem um propósito, uma causa pela qual as pessoas dariam o seu melhor – e muito mais que o “combinado”.
  2. 2. Você precisa criar equipes de confiança: resultado de um ambiente onde as pessoas se sentem seguras, construído ao longo de milhares de pequenos gestos e decisões da liderança;
  3. 3. Você tem que ter um rival a altura: não é qualquer competidor, é “o” competidor. Não nivele por baixo sua competição, mas sim pelo melhor competidor, aquele que vai puxar sua régua para cima.
  4. 4. Você tem que ter flexibilidade: grandes organizações tem uma causa forte e uma estratégia flexível com grande poder de adaptação.
  5. 5. Você tem que ter muita coragem: a principal característica do líder é a coragem e é preciso dela para suportar as pressões por resultados de curto prazo que são esmagadoras para focar nos ganhos a longo prazo.

Mas aqui vai um alerta do autor: estas tarefas inspiradoras não são nada fáceis de se executar. Na verdade, demandam uma liderança forte e corajosa muito acima do senso comum, disposta, inclusive, a desafiar os modelos estabelecidos.

 

Você estaria disposto(a) a jogar um jogo infinito? Sua mentalidade está preparada para essa mudança?

 

Dino Gueno Consultoria